França

Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris

fevereiro 04, 2017,1 Comments

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Um dos autores mais célebres do século XIX e um dos mais aclamados romancistas, poetas e artistas de França, Victor Hugo é principalmente conhecido por obras como Notre-Dame de Paris ou Os Miseráveis. Se estes romances captivaram a vossa imaginação, então vão adorar visitar a antiga casa do escritor, a Maison Victor Hugo em Paris!



Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Uma das minhas praças preferidas de Paris é a Place des Vosges, situada no coração do bairro Les Marais. Esta praça encontra-se cercada por um conjunto de edifícios de tijolo vermelho, inaugurados em 1612 em honra do casamento de Louis XIII com Ana da Áustria.
Cada uma destas 28 casas, originalmente residências particulares de famílias reais ou nobres, esconde histórias fascinantes e de interesse cultural, mas a mais popular é muito possivelmente a do número 6, conhecida como Hôtel de Rohan Guéménée.
Esta casa mudou de proprietário várias vezes ao longo dos anos, mas é mais conhecida por ter sido a residência do escritor Victor Hugo, que entre 1832 e 1848 aqui viveu com a sua esposa Adèle e os seus quatro filhos.
Nas salas do seu apartamento, Victor Hugo recebeu e entreteve muitos escritores, políticos e poetas eminentes, já para não mencionar que foi aqui que escreveu grande parte de uma das suas obras mais famosas, Os Miseráveis!

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
numa parede da place des vosges pode ler-se a frase de victor hugo "Criar é recordar"

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Grande parte da fama de Victor Hugo vem do seu prestígio enquanto escritor, mas poucos sabem que este também conseguiu o reconhecimento em França como figura política e activista. Victor Hugo viveu vários anos no exílio, resultado da sua oposição pública a Napoleão III.
Quando partiu, em 1851, muitos dos móveis e pertences do seu apartamento foram colocados em leilão ou destruídos, tendo alguns sido felizmente recuperados pelo seu amigo Paul Meurice.
Em 1902, por forma a homenagear o centenário do nascimento de Victor Hugo, uma quantidade substancial de fotografias, manuscritos e lembranças foram doados pelos descentes de Paul Meurice e de Victor Hugo com vista à criação de um museu dedicado à vida e às obras do escritor, o que viria a acontecer no ano seguinte com a inauguração da Maison Victor Hugo.

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
O impacto de Victor Hugo na sociedade vai ainda muito além do seu activismo político: Notre-Dame de Paris, obra publicada em 1831, é creditada como tendo sido a responsável por salvar a Catedral Notre-Dame de Paris da destruição!
À época, a elite de França desprezava a arquitectura gótica medieval e pouco ou nenhum interesse era demonstrado por esta Catedral enquanto marco histórico ou cultural, pelo que esta tinha sido deixada ao abandono e tinha se deteriorado muito ao longo dos séculos. Chegaram mesmo a existir propostas de derrubar Notre-Dame para dar lugares a edifícios mais modernos! 
O romance extremamente popular de Victor Hugo é tido como  o responsável pelo interesse geral renovado pela Catedral, o qual abriu caminho para grandes reformas que preservaram a arquitectura gótica de Notre-Dame para que gerações futuras a pudessem apreciar! Conseguem imaginar como seria a Île de la Cité ou Paris em geral sem a Catedral Notre-Dame?

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Embora as divisões ricamente decoradas que vemos actualmente sejam reconstruções de salas de diferentes casas ocupadas por Victor Hugo, a visita não deixa de ser interessante por ter sido o próprio escritor a criar e escolher a decoração!
De facto, a criatividade e a paixão de Victor Hugo iam muito para além da escrita e o museu exibe alguns dos seus desenhos e móveis de estilo gótico que projectou. Durante o seu exílio em Guernsey, Victor Hugo gostava de visitar mercados de antiguidades, onde comprava objectos para os transformar em peças únicas de mobiliário. Victor Hugo esboçava os seus projectos, dando-os de seguida a marceneiros que os tornavam realidade.
No interior do seu apartamento, a vida do autor é assim contada através das suas colecções de desenhos, pinturas, móveis e documentos.

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
O primeiro andar do apartamento abriga actualmente exposições temporárias, pelo que a visita dos apartamentos em si começa pela escadaria que nos conduz ao nível superior, a qual é por si só bastante impressionante, com vitrais, esculturas em madeira e  retratos do escritor.

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
No segundo andar, as divisões encontram-se organizadas para reflectir as três etapas da vida de Victor Hugo: antes, durante e depois do exílio.

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Dentro do museu, os visitantes podem explorar uma sala de recepção com retratos da família, um salão com uma impressionante colecção de Chinoiserie ou arte e design de estilo chinês, uma sala de jantar medieval, o escritório de Victor Hugo com a sua mesa de trabalho original e a reconstituição do quarto onde o escritor faleceu em 1885, feita a partir das memórias dos seus filhos.

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
a chinoiserie

Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
busto de victor hugo segundo rodin

Da impressionante colecção apresentada, composta por livros, manuscritos, desenhos e outros objectos, destacam-se a mesa onde Victor Hugo escrevia (bastante alta, visto que o escritor gostava de escrever de pé) e um busto do escritor da autoria de Auguste Rodin.


Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
RECONSTITUIÇÃO DO QUARTO ONDE VICTOR HUGO FALECEU

Victor Hugo morreu a 22 de Maio de 1885. Estima-se que cerca de 2 milhões de pessoas tenham vindo prestar-lhe uma última homenagem na procissão que seguiu do Arco do Triunfo até ao Panthéon em Paris, lugar onde se encontra agora enterrado aquele que é um dos mais importantes dramaturgos da língua francesa.


Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris
Drawing Dreaming - Visita à Casa-Museu do escritor Victor Hugo em Paris

informações práticas

Como chegar: De metro saindo nas estações Bastille, Saint-Paul ou Chemin-Vert.

Bilhetes: A entrada na Maison Victor Hugo é gratuita, contudo as exposições temporárias têm uma taxa de admissão aplicável. Se pretenderem alugar um audio-guia, estes custam 5€.

A ler também...

1 comentário:

  1. Conheço a história de Victor Hugo, sei quais as suas obras, mas nunca as li... Estão há imenso tempo na lista de "livro a ler", mas ainda não saíram de lá. Em particular, o livro Os Miseráveis não entrou para a lista de livros a ler agora em 2017 (sim, eu preciso de fazer listas por anos, ou acabo por me distrair com outras leituras e não leio nada do que quero mesmo ler ahah), mas talvez entre quando fizer a selecção para 2018. Gosto deste tipo de visitas a casas de pessoas, acho que as ficamos a conhecer um bocadinho melhor.

    Mundo Indefinido

    ResponderEliminar