Barcelona

Por Barcelona: de El Born à zona de Port Vell e Barceloneta

fevereiro 03, 2017,5 Comments

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Arc de Triomf
O nosso terceiro dia em Barcelona começou por aquele que é um dos monumentos modernistas e símbolos de Barcelona: o ARC DE TRIOMFconstruído para ser a porta de entrada da Exposição Universal de 1888.
Sendo Barcelona uma cidade tão marcada pela arquitectura não deixem de observar com atenção, mesmo ao lado do Arco, a placa no chão que indica o marco zero da rota europeia do modernismo!

Atravessando o arco, entra-se no lindíssimo Passeig de Lluís Companys, a partir do qual se encontra uma das entradas para o famoso Parc de la Ciutadella, o parque mais antigo de Barcelona.



Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Arc de Triomf
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Arc de Triomf
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella

parc de la ciutadella

passeig de picasso, 21

Fiquei maravilhada mal entrei no parque já que um dos primeiros edifícios que se pode ver é o castell dels tres dragons, construído pelo arquitecto modernista Domènech i Montaner (o mesmo do Hospital de Santa Creu i Sant Pau, pelo qual me apaixonei). O edifício, que originalmente deveria ser o restaurante do parque, segue o estilo neogótico, uma vez que foi construído numa altura em que o modernismo catalão ainda não tinha despontado, apesar de serem visíveis detalhes deste novo estilo como o ferro ou o tijolo. Infelizmente, esta obra não está aberta ao público, mas merece ser observada em detalhe do exterior!


Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Logo depois da obra de Montaner, e continuando pelo passeio principal, encontram-se o hivernacle e o umbracle, duas grandes estufas instaladas no parque. O Hivernacle acolhe hoje exposições temporárias e concertos. Já o Umbernacle, construído utilizando ferro e vidro, para imitar o Crystal Palace em Londres, foi idealizado como um espaço fechado para produzir condições térmicas e de humidade propícias à introdução de espécies de plantas de origem tropical.

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Daqui continuámos o passeio até à entrada do jardim zoológico de barcelona. Apesar de não termos visitado o Zoo (por falta de tempo), aproveitei para ver o monument al general prim, estátua em homenagem ao General, lembrado como um símbolo da luta contra a repressão e igualmente responsável pela destruição da fortaleza que existia no local e que dava nome ao Parc de la Ciutadella.

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Seguindo o caminho à esquerda do Zoo, acabámos por encontrar o parlament de catalunya, a assembleia legislativa da Catalunha. Descobri que, antes de ser destinado a este fim, o prédio foi o arsenal militar da fortaleza que existia na Ciutadella!

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Ao passarmos esta zona ficámos um pouco perdidas. O parque é enorme e, apesar de ter pesquisado os principais pontos de interesse, confesso que não me lembrei de procurar um mapa para trazer comigo e me orientar no parque. Determinada a obter informações da primeira pessoa que passasse, acabei por dar uso ao meu espanhol quando dei de caras com duas professoras primárias que (sorte a minha!) andavam pelo parque com os seus alunos a completar uma espécie de quizz! Estas duas senhoras foram tão simpáticas que me deram uma das folhas destinadas aos seus alunos, a qual continha um pequeno mapa em branco para numerar os pontos de interesse do Parc de la Ciutadella!

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Graças à simpatia destas professoras, acabei por encontrar o famoso lago com a fonte monumental, um dos locais que queria mesmo ver! Este é um dos sítios mais bonitos de todo o parque, sem dúvida que monumental é o adjectivo que mais lhe assenta na perfeição! A fonte, dividida em dois níveis, resulta do trabalho de vários artistas da época (incluindo Gaudí) sob a orientação de Josep Fontsére, o qual pretendia que esta se assemelhasse à Fontana di Trevi em Roma.
Aconselho a que subam pelas escadas laterais da fonte para a observarem mais de perto, sobretudo o grupo de esculturas que a coroa, o chamado Carro de l'Aurora! Este foi recentemente restaurado em 2009 e alvo de polémica já que para tal foi utilizado um banho de ouro (o qual não existia originalmente).

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella
Para terminar o passeio pelo parque, saímos pela porta mais próxima do Zoo. Logo à saída, perto do muro exterior, é possível observar a HOMENATGE A PICASSO, obra de Antoni Tapiès em homenagem ao famoso artista espanhol. Toda a obra é uma alusão a Picasso: as peças de mobília modernista dentro do cubo representam a época na qual Picasso morou em Barcelona; os ferros que atravessam os móveis aludem à Barcelona industrial; as telas brancas contêm frases de Picasso.

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Parc de la Ciutadella

mercat del born

plaça comercial, 12
Atravessando a rua, demos logo com o Mercat del Born, um exemplo da arquitectura modernista baseada em estruturas de ferro e vidro. Este funcionou como mercado até 1977 e foi alvo obras de restauro em 2002, com o objectivo de funcionar como biblioteca pública. Durante as obras, foram feitas descobertas arqueológicas com vestígios do período medieval e do século XVIII, a partir das quais surgiu a ideia de criar o el born centre cultural. Actualmente, é possível visitar o mercado e ver as ruínas preservadas através de passarelas e corredores que rodeiam a área!

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Mercat del Born


SANTA MARIA DEL MAR

PLAÇA DE SANTA MARIA, 1ACESSO GRATUITO (EXCEPTO ENTRE AS 12H E AS 17H)
Continuando pelo Passeig del Born, chegámos à parte posterior da Basílica Santa Maria del Mar, de estilo gótico catalão, a qual foi construída em apenas 55 anos, para servir aos mercadores e construtores de barcos da época. O edifício em si é bastante simples, mas muito bonito, especialmente pelos seus inúmeros vitrais!

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Santa Maria del Mar

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Santa Maria del Mar

PALAU DE LA MÚSICA CATALANA

CARRER PALAU DE LA MÚSICA, 4-6VISITAS A PARTIR DE 18€


Já referi que depois de ter descoberto o Hospital de la Santa Creu i Sant Pau fiquei fã da obra de Domènech i Montaner, certo? O ponto seguinte do nosso roteiro, o Palau de la Música Catalana, foi igualmente idealizado por este arquitecto! Construído entre 1905 e 1908, tinha por objectivo a criação de uma grandiosa sala para concertos, por forma a ser um centro de referência da música catalã. Só de observar este edifício por fora, percebe-se logo o porquê de ter sido considerado Património Mundial da Humanidade!

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Palau de la Música Catalana
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Palau de la Música Catalana
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Palau de la Música Catalana
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Palau de la Música Catalana
O Palau fica numa zona bem estreita entre três ruas, o que nos faz imaginar o quão grande terá sido o desafio de elevar esta obra! Montaner acabou por recorrer a soluções inovadoras como a estrutura de ferro, mas a sua obra acabou por não ser muito bem recebida, chegando mesmo a existir um movimento nos anos 20 com o objectivo de demolir esta obra! Ainda bem que tal não aconteceu, porque o Palau é fenomenal!

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Palau de la Música Catalana
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Palau de la Música Catalana
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Palau de la Música Catalana
Tinha lido que existem visitas guiadas ao interior do Palau, mas fomos brindadas com um panfleto que anunciava um espectáculo naquela noite de um trio de guitarra espanhola acompanhado por uma dupla de flamenco! Como era o meu aniversário, decidi que seria mesmo esta a minha prenda! Pude observar os incríveis detalhes do interior do Palau, como os vitrais coloridos, os mosaicos, esculturas e a magnífica claraboia (que pesa uma tonelada!), mas igualmente assistir a um espectáculo do qual me recordarei para toda a vida!

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Palau de la Música Catalana
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Palau de la Música Catalana
Do Palau descemos a Via Laietana até chegar ao Passeig de Colom para fazer um passeio de Golondrinas, as embarcações que fazem passeios pelo porto de Barcelona. Esta é uma das atracções turísticas mais antigas de Barcelona e opera a partir do Port Vell, mesmo ao lado do Mirador de Colom.

LAS GOLONDRINAS

MOLL DE LES DRASSANESA PARTIR DE 7.2€

Existem dois tipos de passeios diferentes: o BARCELONA PORT (que dura 40 minutos) e o BARCELONA MAR (que dura 1h30). Nós optámos pelo primeiro, que passa por pontos como o Maremagnum, a Ponte Porta d'Europa ou o Hotel Wela.

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Las Golondrinas
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Las Golondrinas
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Las Golondrinas

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Las Golondrinas
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Las Golondrinas
Pessoalmente, aconselho que façam este passeio apenas quando estiver bastante calor. Nós fizemos em meados de Outubro, quando ainda estava bastante soalheiro, mas a bordo do barco acabámos por ter frio por estarmos ao ar livre com brisa marítima! Outro aspecto que me desiludiu um pouco foi a falta de comentários neste passeio. Tendo feito passeios de barco noutras cidades, talvez tenha ficado demasiado habituada a esperar que me expliquem o que estou a ver ou me contem aquelas histórias que só os locais conhecem, mas aqui isso não acontece. Sim, eu sei que Las Golondrinas desponibiliza uma aplicação interactiva, mas não é de todo a mesma coisa... 

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Port Vell e Barceloneta
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Port Vell e Barceloneta
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Port Vell e Barceloneta
Terminado o passeio de barco, caminhámos pelo Port Vell, o porto mais antigo de Barcelona, onde é possível ver imensos barcos de recreio. Na Plaça de Pau Vila, bem à nossa frente, demos com um edifício imponente que descobri ser o Museu d'Història de Catalunya. Como estava a começar a ficar frio e o tempo parecia mudar, propus que nos abrigássemos e aproveitássemos para visitar este museu.


MUSEU D'HISTÒRIA DE CATALUNYA

PLAÇA DE PAU VILA, 3A PARTIR DE 4€


O museu criado em 1996 para receber objectos relacionados com a história da Catalunha de forma a traçar a sua cronologia desde as origens até ao presente, está dividido por espaços temáticos espalhados por quatro andares.

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Museu de História da Catalunha
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Museu de História da Catalunha
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Museu de História da Catalunha
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Museu de História da Catalunha
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Museu de História da Catalunha
Tendo visitado o Museu de Amsterdão no mês anterior à minha viagem a Barcelona, confesso que esperava algo semelhante, mas infelizmente parece que as propostas interactivas ainda não chegaram ao museu de Barcelona. Não me interpretem mal, o museu é bastante interessante e tem muita informação sobre a Catalunha, mas admito que não é a melhor opção para estadias curtas e que é necessário tempo (e paciência) para o visitar como deve ser. Ainda assim, se puderem não deixem de o visitar e não se esqueçam de passar pelo terraço do museu, que oferece uma vista espectacular de Port Vell!

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Museu de História da Catalunha
Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Port Vell e Barceloneta
Saindo do museu (e enquanto esperávamos pela hora para assistir ao espectáculo no Palau de la Música Catalana), optámos por caminhar pela orla marítima de Barcelona. Logo à esquerda é possível ver a praia de la barceloneta. Bem em frente, está a praia de sant miquel, à direita a praia de sant sebastià. As três constituem as praias mais antigas e tradicionais de Barcelona.

Drawing Dreaming - guia de visita de Barcelona - Port Vell e Barceloneta

A ler também...

5 comentários:

  1. Fizeste-me viajar no tempo, Ester :) Passei por todos esses lugares à expecção do Mercat del Born. E também não visitei o Museu da Calunha, precisamente porque a minha estadia foi demasiado curta (4 dias). Quero muito voltar a Barcelona um dia, sinto que ficou muito por conhecer na minha curta passagem por lá, em 2011.

    Aonde (não) estou

    ResponderEliminar
  2. Que bom, Ana! Eu estive 5 dias em Barcelona, mas um foi dedicado a uma 'day trip'... deu para ver imensa coisa, mas a vontade de voltar não deixa de ser muita, até porque me apaixonei pela cidade!

    ResponderEliminar
  3. Que fotografias incríveis Ester!! E tu estás tão bonita :) não conheço-a Barcelona mas são partilhas e registos como este que me aguçam à vontade de marcar já um voo de ida para lá. Acho que sou capaz de me apaixonar por essa cidade! Vou rever com muito entusiasmo e atenção os outros relatos da tua viagem e guardar dicas para o futuro!

    ResponderEliminar
  4. Obrigada, Sara! :) Barcelona é umas das cidades pelas quais me apaixonei e que recomendo vivamente, tens mesmo que um dia a visitar!

    ResponderEliminar
  5. A arquitectura de Barcelona parece realmente incrível! Pelas fotografias que aqui mostras,os edifícios são tão bonitos... Acho que me estás a começar a convencer a dar mais atenção a Espanha :) Realmente o Carro de l'Aurora dourado parece completamente diferente daquilo que era antes. Até nem parece o mesmo sítio!

    Mundo Indefinido

    ResponderEliminar